domingo, 12 de abril de 2009

Morales em greve de fome

O presidente da Bolívia, Evo Morales, completou hoje seu terceiro dia de greve de fome, sem que por enquanto haja sinais de uma solução para o conflito com seus opositores, que bloqueiam a aprovação de uma lei que possibilitaria a convocação de eleições gerais para este ano.
Após três dias sem comer, mas hidratado com água, balas e chá de coca, Morales passou hoje no Palácio de Governo por uma revisão médica feita por uma equipe liderada pelo ministro da Saúde, Ramiro Taipa, que apontou que a saúde do chefe de Estado é "estável".
Morales se declarou em jejum para exigir à oposição a aprovação da lei necessária para realizar o pleito de 6 de dezembro próximo, quando tentará a reeleição.


3 comentários:

  1. Deixa ele morrer de fome... Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  2. Topa tudo por dinheiro.
    Mais alguns anos mamando nas tetas do Estado boliviano é tudo que ele quer.
    O poder é foda mesmo, faz até perder o apetite.


    bye!

    ResponderExcluir
  3. Lembra do Garotinho????
    Podia estar em greve de fome até hoje.
    Deixe esse talzinho morrer de fome!!!

    ResponderExcluir