domingo, 12 de abril de 2009

SPFW: Cotas para negros na moda

As semanas de moda de Paris, Milão e Nova York não perdem por esperar a tendência que a São Paulo Fashion Week está para lançar. De acordo com uma proposta do Ministério Público, as grifes do evento poderão ser obrigadas a cumprir cotas raciais em seus desfiles, no estilo do que já fazem as universidades públicas, desde o ano passado, a Promotoria abriu um inquérito para apurar a prática de racismo na SPFW. A ideia das cotas é da promotora Déborah Kelly Affonso, do grupo de atuação especial de inclusão do Ministério Público.

10 comentários:

  1. Já acho ridículas as cotas nas universidades. Só ajudam a mascarar os problemas do nosso ensino fundamental. Agora, cotas na passarela? O MP não tem mais o que fazer? Abraços e sucesso no blog!

    ResponderExcluir
  2. belo blog
    adorei a post
    ^^

    se puder
    http://sonabrisa.nomemix.com/

    ResponderExcluir
  3. Particularmente, acho algumas campanhas de Inclusão Racial bizarras. Muitas dessas campanhas visam, na realidade, promover quem as promove do que auxiliar na inclusão daqueles que se consideram "excluídos"...

    Daquis alguns anos, haverá cotas para ser Paquitas da Xuxa, apresentadores de TV, jornalistas, participantes de Reallity Shows...

    ResponderExcluir
  4. Eu acho isso uma sacanagem racista (por parte dos negros, sem preconceito mas eu acho isso mesmo) porque eles roubam as vagas de quem realmente estuda ¬¬

    ResponderExcluir
  5. E as cotas para baixinhos no basquete? Ou de gordinhas como modelos? Ou de japas em filmes pornôs? Não é um absurdo o Bernardinho só convocar altões para a seleção de vôlei? Essa promotora ainda vai consertar o mundo. Será que ela lei Monteiro Lobato?

    ResponderExcluir
  6. poxa ao meu ver, os caras estao tendo preconceitos com eles mesmo montando esses sistemas de cotas
    daqui a pouco havera cota para idosos, homossexuais, anoes, indios, pardos, orientais...

    ResponderExcluir
  7. Puts mais essa?!Assim o negro se sente cada vez mais discrimiado.O negro como qualquer outra raça tem talendo e vontade própria para chegar onde quer.
    Enfim,espero ue o ministéria caia e si e veja que o problema é a falta de oportunidade e não a cor de uma pessoa que faz ela desfilar ou não na SPFW.

    Beijos
    Dani*

    ResponderExcluir
  8. Acho que deveria ter cotas pra gente feia. Só desfila gente bonita e com corpo perfeito. "E eu... como fico?!"

    ResponderExcluir
  9. Eu não entendo muito bem essas tais cotas.... isso tudo é o que? Dizer ao mundo que os negros não podem fazer as coisas sozinhos, por conta propria? Isso é um absurdo!!!!

    ResponderExcluir