terça-feira, 14 de abril de 2009

Termina greve de fome de Morales

O Congresso da Bolívia aprovou na madrugada desta terça-feira a nova lei eleitoral que vai reger as eleições gerais de dezembro, o que fez o presidente Evo Morales encerrar a greve de fome de seis dias para promulgar o texto.O novo regime eleitoral, que contém 75 artigos e oito dispositivos transitórios, foi aprovado depois de nove horas de debate no Congresso bicameral e após cinco dias de intensas negociações em uma comissão com parlamentares do governo e da oposição.Os senadores e deputados votaram os 83 artigos em todos os turnos e agora cabe ao presidente Morales promulgar a nova lei, que inclui a elaboração de um novo padrão biométrico, acordo que viabilizou a aprovação da lei.Também possibilitou a Morales acabar com a greve de fome de seis dias.

5 comentários:

  1. óTIMA POSTAGEM. EU ASSISTO JORNAL DIRETO E NAO SABIA DISSO.
    UM ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  2. Esse camarada é um ridículo.

    Duvido que ele tenha mesmo ficado sem comer...

    Kiso

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Acho tão infantil, alguém fazer greve de fome, se fosse aqui no Brasil eu tava pouco me importando se o Lula moresse de inanição, ele que fosse trabalhar, pelos interesses do nosso país.Como alguém coloca um cara como o Evo Morales no poder ??

    P.s. Esse cara do Inforblog so deixa comentário idiota =/

    ResponderExcluir
  4. Essa eh uma das poucas pessoas q eu daria apoio e torceria pra ele naum acabar com a greve!! *-*
    hUAhAIUhaiuAHu

    ResponderExcluir
  5. tudo markenting bem capaz que ele ia ficar sem comer só para admitirem algo que ele queria!
    Aff nunca gostei dele só fala o que agrada e nunca faz!

    ResponderExcluir