quinta-feira, 7 de maio de 2009

África quer controlar números de HIV no país

Confiantes na possibilidade de conter uma epidemia que, apenas no último ano, tirou a vida de 370 mil sul-africanos, um grupo de profissionais se empenha para tentar mudar a triste realidade que faz do país o recordista mundial no número de soropositivos.Dar esperança aos mais de 5,6 milhões de portadores do vírus HIV no país e tentar reduzir as cerca de mil mortes por dia são os desafios de muitas organizações, entre elas, o TAC (Treatment Action Campaign). Referência no combate à doença e indicado ao Nobel da Paz de 2004, o grupo recebeu o G1 em uma de suas filiais para descrever este cenário.No mundo, segundo o último relatório (de 2007) da Organização Mundial da Saúde, o número de pessoas com Aids ultrapassa os 33,3 milhões. Desses, 22,5 milhões estão na África Sub-Saariana (grupo de países africanos que fica abaixo do deserto do Saara). Nesta parte, muitas nações se destacam pela incrível capacidade de proliferação do HIV.Essa coincidência acontece porque, segundo Rebecca Hodes, responsável pelo departamento de pesquisa do TAC, o continente sofre com a escassez de recursos e educação. “O continente tem a pior estrutura para cuidar da Saúde. Não há recursos para tratar as pessoas, nem educar a população”, diz.

21 comentários:

  1. é... e oq q eu tenho a ver com isso?
    por mais cruel seja... a minha opinião é a seguinte... cada um tem oq merece.

    http://excelentee.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. nada a comentar

    http://teoriadopensador.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Essas informações são alarmantes. Mostram a linha mórbida entre a miséria e a doença. è triste saber disso. E pior ainda ver o descaso com q o mundo trata essas pessoas.
    Parabéns pelo post, o blog e a inciativa de informar de maneira tão crua.
    Abraços fraternais

    ResponderExcluir
  4. nossas esses dados são terriveis, putz eu sabia que na africa tinha aids e tall, mais não nessas condições alarmantes. oO
    E o pior é o descaso do mundo com isso, é triste essa sensação d mãos amarradas.

    otimo post

    beeijos

    ResponderExcluir
  5. seria bom controlar a doença... falta investimento.

    ResponderExcluir
  6. Caro Iperon, sua opinião é a mais lastimável de todo o tempo que tenho meu blog.
    Polpe nossa leitura com seu comentário que só nos traz revolta, a situação dessas pessoas é por falta de informação e verba, e não pq todos saem por ai transando sem camisinha e sim pq lá não tem esse objeto de prevenção da doença.
    Antes de metralhar a realidade, estude- a bem antes.

    ResponderExcluir
  7. Estamos no século XXI,mas tem lugares (nem tão remotos assim),que o tempo estaginou-se por completo ao que parece. Realmente preocupante.Porém,igualmente preocupante, é usar-se de um continente inteiro como laboratório a céu aberto... HIV,ebola,malária... será que esses virus e difusores surgem do nada?. HOuve um principio,e posteriormente, mutações... mas é algo para ficar com a pulga atras da orelha...né não E.U.A? ¬¬
    .
    http://www.bloggalemdoqueseve.blogspot.com/
    .

    ResponderExcluir
  8. É muito triste o que aoontece na África em relação aos soropositivos. Acho que reprsentantes do mundo todo deviam se unir para procurar mais soluções para minimizar esse problema. Gostei do blog. Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. controlar a aids na Africa??? queria muito que acontecesse, mas tah mais facil o Avai ganhar a serie A desse ano, infelizmente.

    ResponderExcluir
  10. o triste é saber qe isso será feito tarde demais..pra alguns!

    ResponderExcluir
  11. toda vez que pensou na africa fico com tanta raiv desse mundo.

    ResponderExcluir
  12. A africa, coitada, ja sofreu tanto...
    precisamos ajudar isso.


    me visite: quem sabe nasce uma amizade boa.
    bsproducao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Nem sei se isso tem jeito, informação lá talvez não falte...

    ResponderExcluir
  14. É realmente algo muito difícil de mudar. E a educação, que é fundamental nesse sentido (melhor previnir que remediar), anda muito precária. Se já é no Brasil, imagine na Àfrica!

    http://cantodoescritor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. O que me deixa realmente surpresa são as pessoas ignorarem totalmente essas informações, e o pior, que essa situação é criada e manipulada a favor das elites globais. É triste, mas é a realidade...e lembrando que aqui no Brasil, nos estados mais pobres tem pessoas em situação semelhante, não apenas por doenças, como pela subnutrição e miséria.

    http://infonews2012.blogspot.com/search/label/deuses

    ResponderExcluir
  16. Isso só nos mostra como quanto mais falta informação e consideração do governo para com seu povo, mais é triste e desgraçada é a vida de seu povo, e lógico, daqueles com menores condições.

    ResponderExcluir
  17. muito bom o teu blog!!!! assunto importante, realmente!!!!! parabéns.

    ResponderExcluir
  18. lamentavel alguns comentarios aqui anteriores ao meu...
    enfim,
    a África é um caso grave!

    veja tbm
    www.ovolumeunico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Seria bacana vc colocar ao final da matéria a fonte do site de notícias do qual vc retirou a matéria. Mas, muito importante o tema, e alarmante, infelizmente.

    www.meuintento.blogspot.com

    ResponderExcluir