quarta-feira, 6 de maio de 2009

Até tu Brutus, porém honesto

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) admitiu ter repassado passagens de sua cota parlamentar para a sua namorada, a jornalista Mônica Dallari. Segundo o senador, todos os valores relativos a essas passagens foram ressarcidos até a terça-feira (5). “Fiz a restituição relativa à viagem para a Mônica. Geralmente as viagens com ela são feitas com milhagens. Quando, em alguma ocasião, não foi possível utilizar, foi feito dessa forma e já restitui”, disse o senador ao G1. A assessoria do senador afirma que, na terça-feira, foi devolvido o montante de R$ 5.521,00, relativo a passagens dadas a Mônica entre novembro de 2007 e dezembro de 2008. Ele já havia ressarcido o Senado em novembro de 2007 em R$ 15,1 mil relativos a uma passagem para a namorada no trecho São Paulo-Paris-São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário