sábado, 23 de maio de 2009

Casas Bahia paga multa por descumprir acordo judicial

A Justiça do Trabalho de Piracicaba (SP) homologou acordo judicial entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a varejista Casas Bahia, no qual a empresa concordou em destinar o valor de R$ 500 mil a instituições de caridade dos municípios de Jundiaí e São Caetano do Sul. A rede havia se comprometido a contratar montadores de móveis apenas com vínculo empregatício, o que não cumpriu. Além do pagamento de R$ 500 mil, a empresa não poderá contratar montadores de móveis de maneira autônoma em quaisquer filiais do Brasil. A empresa é alvo de investigações do MPT desde 2004, quando foram constatadas diversas irregularidades acerca do tema, o que levou ao ajuizamento de ação civil pública pedindo o ajustamento de conduta da empresa. Pela decisão, se a Casas Bahia descumprir o acordo, será multada no valor de R$ 20 mil por empregado não registrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário