quinta-feira, 21 de maio de 2009

Real valorizado ajuda a diminuir dívida pública

A valorização do real e o vencimento de títulos públicos ajudaram a reduzir a dívida pública federal no mês de abril. De acordo com dados do Tesouro Nacional, a dívida caiu 1,02% em abril na comparação com março, para R$ 1,384 trilhão. No mês passado, os resgates superaram as emissões de novos títulos em R$ 17,64 bilhões. Parte desse efeito positivo na dívida foi reduzido, no entanto, por um impacto de juros no valor de R$ 3,42 bilhões. A dívida pública federal externa, que representa 8,83% da dívida total, caiu 6,29%, devido à valorização de 5,9% do real em relação às moedas estrangeiras nas quais o país é devedor. Houve ainda um resgate líquido de R$ 2 bilhões. Com isso, o valor da dívida externa ficou em R$ 122,25 bilhões (US$ 56,12 bilhões). No caso da dívida interna, houve um recuo de 0,47%, para R$ 1,261 trilhão. No mês passado houve um resgate líquido de R$ 15,65 bilhões (diferença entre resgates e emissões), compensado por um impacto de R$ 9,64 bilhões em juros. A dívida pública federal deve terminar o ano entre R$ 1,45 trilhão e R$ 1,60 trilhão, de acordo com o Plano Anual de Financiamento do Tesouro Nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário