sexta-feira, 19 de junho de 2009

Crise mundial causa desnutrição a 1 bilhão de pessoas

A barreira de 1 bilhão de pessoas que sofrem desnutrição será superada em 2009 em consequência da crise econômica mundial, anunciou nesta sexta-feira a FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação). A entidade define como subnutrida a pessoa que ingere menos de 1.800 calorias por dia. "Pela primeira vez na história da humanidade, mais de 1 bilhão de pessoas, concretamente 1,02 bilhão, sofrerão de desnutrição em todo o mundo", adverte a FAO em um relatório sobre a segurança alimentar mundial. "O número supera em quase 100 milhões o do ano passado e equivale a uma sexta parte aproximadamente da população mundial", destaca a agência especializada da ONU, que tem sede em Roma. O diretor da Divisão de Desenvolvimento Econômico Agrícola da FAO, Kostas G. Stamoulis, disse que é a primeira vez na história que o mundo tem tantos famintos. Para ele, a situação é uma contradição, porque o mundo tem muita riqueza, apesar da crise. "Neste ano, temos quase um recorde da colheita de grãos, então não há falta de comida, há falta de acesso."

Nenhum comentário:

Postar um comentário