quinta-feira, 11 de junho de 2009

Eleição Presidencial no Irã

Na próxima sexta-feira (12), cerca de 46 milhões de iranianos irão às urnas para decidir seu presidente nos próximos quatro anos. Concorrem o atual presidente, Mahmoud Ahmadinejad, e mais três adversários. Essa é a 10ª eleição presidencial do país desde a Revolução Islâmica, há 30 anos. No Irã, todo cidadãos com mais de 18 anos pode votar. No caso da disputa presidencial, ganha quem receber a maioria absoluta mais da metade dos votos. Quando isso não acontece, há um segundo turno, na sexta-feira seguinte à da primeira votação, do qual participam somente os dois candidatos com maior número de votos. Caso o candidato vencedor morra nos dez primeiros dias após a eleição, uma nova votação deve ocorrer em duas semanas. O novo governante deverá ser eleito em até um mês antes do término do mandato de seu antecessor. Em teoria, todo iraniano pode ser candidato à Presidência. Na prática, porém, para se candidatar, o cidadão tem de preencher uma série de pré-requisitos, e só são efetivadas candidaturas de "personalidades religiosas e políticas" e "fiéis aos princípios da República Islâmica e adeptos da religião oficial do país", o islamismo xiita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário