terça-feira, 16 de junho de 2009

USP: Greve Estúpida

Um grupo de cerca de cem estudantes fechou no início da tarde desta terça-feira (16) o “bandejão” (restaurante popular de estudantes) da Faculdade de Química no campus Butantã da Universidade de São Paulo (USP). O restaurante era o único em funcionamento dos quatro “bandejões” existentes na universidade, porque é operado por uma empresa terceirizada (Starbene refeições).Por causa da greve de funcionários, que estão parados desde o dia 5 de maio, os outros três "bandejões" não estão funcionando. Uma reunião entre o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) e o Fórum das Seis, que agrega os sindicatos de professores e funcionários das universidades paulistas, foi marcada para a próxima segunda-feira (22), às 14h.Com a catraca livre, parte dos universitários comeram sem pagar, enquanto o grupo retirava a comida disponível. O funcionamento do restaurante foi interrompido por volta da 13h15, sendo que deveria funcionar até as 14h. Cerca de mil alunos aguardavam na fila para almoçar, segundo funcionários da empresa. De acordo com a técnica de nutrição do restaurante Márcia Oliveira, a empresa perdeu cerca de 1.300 refeições, contando as que foram consumidas sem pagamento e as que tiveram de ser jogadas no lixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário