terça-feira, 28 de julho de 2009

Coitada da Dilma, Palocci e Dirceu assumem sua candidatura

Por Folha Online
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva armou para a campanha presidencial da ministra Dilma Rousseff o mesmo comando de sua própria campanha em 2002, que foi atropelado por escândalos no governo: os nomes-chaves serão os dos ex-ministros Antonio Palocci (que ainda responde a processo no STF) e José Dirceu (que foi cassado na Câmara), segundo a reportagem, na composição ditada por Lula, Palocci atua "por cima", mantendo contatos com o empresariado e garantindo que a política econômica conservadora seja mantida se Dilma for eleita, enquanto Dirceu age "por baixo", tentando acomodar os interesses do PT com os partidos da base aliada e montando os palanques estaduais. A Folha informa que o coordenador nominal da campanha deverá ser o presidente do PT à época da eleição, provavelmente o ex-senador José Eduardo Dutra (SE), ex-presidente da Petrobras. Lula afastou a possibilidade de Palocci ser nomeado ministro de Relações Institucionais, já que José Múcio está para ser nomeado para o TCU (Tribunal de Contas da União). Cândido Vaccarezza (PT) e Gim Argello (PTB), estrelas em ascensão da bancada governista, são cotados para a vaga.

Um comentário:

  1. Agora só faltam o Sarney e o Collor... Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir