terça-feira, 21 de julho de 2009

Dólar despenca e fecha em R$1,89

Por O Globo
No sétimo pregão seguido de baixa, o dólar rompe a resistência técnica e psicológica da linha de R$ 1,90 no início desta terça-feira e volta a testar preços não registrados desde outubro do ano passado, quando a moeda chegou a ser negociada abaixo desse patamar. A queda da cotação da moeda americana já supera 18% no ano e reflete a redução da aversão ao risco nas bolsas mundiais, que alcançam assim os patamares mais altos de 2009, voltando ao nível de antes da crise. Entre os motivos para a queda do dólar, os agentes de mercado destacam a melhora de cenário global que estimula a venda de dólares e o investimento em ativos mais rentáveis e arriscados como ações e commodities e o grande fluxo de recursos em direção ao Brasil, que desponta como uma das economias com melhor desempenho dentro da crise. Também existem fatores técnicos, como o aumento de posições vendidas (apostas contra a alta do dólar) no mercado futuro.

Um comentário:

  1. Oba, nossas chances de voltar a Orlando aumentam quando o dólar diminui! Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir