quarta-feira, 15 de julho de 2009

Estréia de Harry Potter nos cinemas desaponta fãs

Por G1
Com muitas alterações em relação ao texto original, o filme "harry Potter e o enigma do príncipe" deixou alguns fãs do jovem bruxo desapontados após a sua estreia na madrugada desta quarta-feira (15), no UCI New York City Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Leitores da saga escrita por J.K Rowling reclamaram dos cortes, mas elogiaram a produção.No sexto filme da série, Harry (Daniel Radcliffe) e seus amigos Rony (Rupert Grint) e Hermione (Emma Watson) estão em seu penúltimo ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Ao lado do Professor Dumbledore (Michael Gambon), o herói descobre uma forma para se defender de Lorde Voldemort (Ralph Fiennes).Para os fãs de carteirinha que fizeram questão de comparecer à primeira sessão desta quarta-feira, à 00h01, ficou uma sensação de “quero mais”. O estudante Leonardo Moreira de Melo, de 19 anos, disse que o longa é bom, mas ficou decepcionado por conta dos cortes e das adaptações.

4 comentários:

  1. Ah, é sempre assim, o filme nunca será tão completo quanto o livro, os fãs devem começar a se acostumar com essa idéia.

    ResponderExcluir
  2. Se fosse pra colocar só as "parte essenciais" o filme deveria ter mais de 4h de duração... Por isso fiquei contente mesmo com todos os cortes...

    Por isso o 7° livro será constituído de 2 filmes (pelo menos é o que dizem)...

    ResponderExcluir
  3. Bem eu já li todos os livros e sou fã de carteirinha, eu fiquei muito decepcionada eles não so adpataram eles praticamente cortaram coisas importantes, cortaram uma batalha, mudaram muito e as poucas partes engraçadas tiraram.Mas eu já esperava era o mesmo diretor de ordem da fenix que também alterou bastante o curso da historia.

    ResponderExcluir
  4. Em vias de estréia de filmes como Harry Potter, que são adaptados de livros extremamente compridos, a opinião de quem leu o livro e reclama dos cortes, simplesmente não conta.
    As histórias adaptadas precisam sofrer essas pequenas alterações, pq o cinema exige um determinado dinamismo, que é bem diferente de uma história contada através de um maldito livro, onde cada um que lê faz o seu tempo. Já no cinema, filmes de 20 horas são meio surreais, o que acabaria acontecendo com Harry Potter, se eles colocassem todos os malditos detalhes que a galera tanto sente falta.
    Pequenas alterações que NUNCA comprometeram o desenvolvimento da história, que é muito bem adapatada, desde o 3º filme da série.
    Eu lí os livros, e essa galera que reclama demais dos "cortes" do filme, amam tanto os livros, que parecem não saber diferenciar cinema de literatura. Ou "literatura". Até hoje, não aceitaram as adaptações, que foram magistralmente bem feitas. É uma pena...

    ResponderExcluir