quinta-feira, 16 de julho de 2009

Fernando Sarney é indiciado por formação de quadrilha

Por G1
A Polícia Federal do Maranhão indiciou, na noite desta quarta-feira (15), Fernando José Macieira Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney. Fernando Sarney foi indiciado pelos crimes de formação de quadrilha, instituição financeira irregular, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.O indiciamento foi confirmado pela Polícia Federal em Brasília.Segundo a polícia, outras três pessoas foram indiciadas pelos crimes de falsidade ideológica, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.No depoimento, que durou cerca de seis horas, Fernando Sarney negou todas as acusações. O inquérito segue agora para o Ministério Público Federal. Os procuradores da República vão decidir se aceitam as acusações contra o empresário. O empresário nega todas as acusações, como faz desde 2006, quando começaram as investigações contra ele. O G1 tentou contato com o advogado de Fernando Sarney, Eduardo Ferrão, mas não obteve retorno. A investigação começou para mapear transações financeiras suspeitas. Em 2006, Fernando Sarney teria sacado R$ 2 milhões em espécie, dinheiro que teria sido usado para financiar a campanha da irmã, Roseana Sarney, hoje governadora do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário