quarta-feira, 15 de julho de 2009

Inicia o festival DOCtv, com o filme O Rei do Carimã

Por Paulo Sillva
Iniciou o festival DocTV Brasil, da Rede Cultura de televisão, o programa de fomento à produção e teledifusão do documentário brasileiro, DOCTV nasceu em 2003 como política da Secretaria do Audiovisual voltada à produção de documentários e a TV pública. O DOCTV atua em toda a cadeia produtiva do documentário, criando ambientes de mercado, auxiliando na formação de profissionais, garantido a regionalização da produção e a difusão do conteúdo em âmbito nacional. Na noite do dia (14), no CineSesc em São Paulo a diretora Tata Amaral fez a estréia do seu documentário contando a história de sua familia, exclusivamente sobre a vida de seu pai, com o DOC " O rei do carimã", que após a revelação de um passado desconhecido de seu pai, a cineasta inicia uma investigação e acaba descobrindo um segredo de família. A noite contou com a presença de familiares da diretora, amigos e do diretor Cao Hamburguer e Bruna Lombardi

7 comentários:

  1. A TV Cultura é a única que realmente apoia projetos importantes.

    ResponderExcluir
  2. Bem criativo teu blog... a começar pelo nome ...
    deu vontade de assistir o documentário !!!

    ResponderExcluir
  3. Apoiar a produção de documentários é fundamental. A Tv Cultura mesmo tendo que trabalhar com um orçamento "pequeno" cumpre o seu papel.
    :)
    Gostei daqui.
    se puder visite o meu: LOUCURAS DA IMAGINAÇÃO
    www.loucurasdaimaginacao.blogspot.com

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Assisto sempre a Cultura, apoiar a cultura em sí, é o melhor que fazemos.

    ResponderExcluir
  5. Esse projeto é muito bom. Aqui em Alagoas já houve a exibição do premiado desse ano AREIAS QUE FALAM, ele é um documento contra a transposição do Rio SãoFrancisco, mas diferente de um manifesto político, a defesa do argumento se dá pelas lendas e mitos contados pelos proprios moradores. O único ponto negaivo do prpjeto é que ele, apos algumas exibições na tevê, fica impossibilitado de ser visto.

    ResponderExcluir
  6. É sempre bom projetos q invistam em culturas..

    ResponderExcluir