quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Cinema: Quem aguenta mais um filme da série: Jogos Mortais VI

Por Tom Leão
Torture porn. É assim que os filmes de extrema violência são chamados atualmente nos Estados Unidos. Quem começou com essa onda foi o primeiro "Jogos mortais" ("Saw"), cujo sexto (!) capítulo estreia nesta sexta-feira no Brasil. O termo "pornô de tortura" se dá pelo fato de que esse tipo de filme se compraz em mostrar em detalhes as cenas de mutilação e dor dos personagens, da forma mais explícita. Justamente por isso, "Jogos mortais VI" (que inspirou vários outros, como "Hostel", por exemplo) teve a sua exibição na Espanha restrita às salas do centro da cidade, dedicadas aos filmes pornográficos. E olha que este nem é dos que traz as piores cenas, embora o Bonequinho tenha virado a cara na cena inicial, que é uma das mais pesadas do filme. Se você aguentar aquela, você aguenta até o fim. E falando em aguentar, quem aí aguenta mais um filme da série? Embora este até seja mais interessante em termos de roteiro do que os dois ou três últimos (tem até um fundo de crítica ao sistema de saúde americano), o resultado nas bilheterias americanas foi bem menor do que o habitual (já está na casa dos US$ 30 milhões após duas semanas em cartaz; nos bons tempos, chegava aos 50 fácil na primeira semana - geralmente os filmes não custam nem US$ 20 milhões), embora ainda se pague e dê lucro em vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário