segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Obama recebe Nobel da paz e Caixa Econômica faz greve de 28 dias e prejudica população

O presidente norte-americano Barack Obama recebeu, nesta sexta-feira (9), o Prêmio Nobel da Paz. Bertrand Badie, cientista político e professor da Sciences Po Paris, acredita que "o comitê tentou (...) reforçar a autoridade moral do presidente no momento em que ela parece enfraquecer em relação às realidades internacionais".
Após proposta da Caixa Econômica Federal, os bancários decidiram em assembleias encerrar a greve que já durava 28 dias. A Caixa propôs reajuste salarial de 6%, sendo 1,5% de aumento real, Participação nos Lucros e Resultados (PLR) que varia entre R$ 4.000 e R$ 10 mil, contratação de 5.000 bancários e abono de R$ 700 distribuído entre todos os trabalhadores. A greve nacional paralisou as agências nos 26 Estados e no Distrito Federal. A proposta foi feita em encontro ontem. Devido à indicação de que as partes chegariam a um acordo, o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Oreste Dalazen, suspendeu nesta quarta-feira (21) a audiência de conciliação entre os representantes dos empregados da Caixa Econômica Federal e a direção do banco. O banco se comprometeu a não descontar nenhum dos dias parados, a compensar o período de acordo com a convenção assinada pela Fenaban, mas até 18 de dezembro, e se dispôs a negociar os dias descontados das greves de 2007 e 2008."A greve forte, além de arrancar aumento real de salários pelo sexto ano consecutivo, demonstrou que os trabalhadores da Caixa são mobilizados e organizados o suficiente para dar continuidade aos avanços também em relação à igualdade de direitos e Plano de Cargos Comissionados", disse em nota Luiz Cláudio Marcolino, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e membro do Comando Nacional dos Bancários.Os bancários de quase todos os outros bancos do país, que também estavam em greve, encerraram a paralisação no último dia 9.

Nenhum comentário:

Postar um comentário