sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Papa Bento XVI é derrubado no início da Missa do Galo

Por G1
Após ter sido derrubado por uma mulher no caminho para a Missa do Galo na noite desta quinta-feira, o Papa Bento XVI transmitiu nesta sexta (25) a mensagem de Natal deste ano. Ao chegar à Praça São Pedro, no Vaticano, Bento XVI proferiu seu discurso seguido de uma mensagem de feliz Natal em 65 línguas, incluindo o português. Em sua fala, o Papa mencionou os imigrantes e defendeu o acolhimento das pessoas que são obrigadas a fugir de seus países. Ele recomendou a Honduras "retomar seu caminho institucional" e disse que "existem épocas submetidas à violência e injustiça, mas permanece a determinação de contribuir para a construção de uma sociedade oposta à lógica do conflito e da rejeição a seus vizinhos." Enquanto o papa falava a dezenas de milhares de pessoas que estavam na praça abaixo, o Vaticano seguia concentrado no incidente da noite de quinta-feira, que trouxe dúvidas sobre se Bento XVI pode ser protegido durante momentos de contato próximo com o povo. Na noite edsta quinta, uma mulher saltou a barreira de proteção e tentou atacá-lo quando este se dirigia para iniciar a missa do Galo. Segundo o reverendo Ciro Benedettini, porta-voz do Vaticano, o Papa caiu rapidamente, mas foi auxiliado e se levantou logo em seguida. Bento XVI não teve ferimentos sérios e continuou a celebração após o susto. Sua agenda não mudará em função do incidente. De acordo com um informe oficial do Vaticano, a mulher foi identificada como Susanna Maiolo, de 25 anos, de origem italiana-suíça. Ela estava desarmada, foi presa e levada a uma instituição médica para realização de exames. O cardeal francês Roger Etchegaray, de 87 anos de idade e saúde frágil, caiu "na confusão" e foi transportado em cadeira de rodas. Ele sofreu uma fratura no fêmur e deverá ser operado, mas seu estado não é grave.

Nenhum comentário:

Postar um comentário