segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Tragédia no ar, vôo 447 da Air France e a Morte de Michael Jackson

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, chegou na tarde desta terça (2) ao hotel Windsor, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, onde estão os parentes dos passageiros do voô 447 da Air France, que desapareceu no domingo (31). O ministro chegou acompanhado de vários seguranças, e entrou pela porta lateral do hotel. Jobim não falou com a imprensa. A maior parte dos 58 brasileiros que estão na aeronave nasceram ou moravam no estado do Rio, de acordo com informações da Air France.Entre os desaparecidos já confirmados por parentes e amigos, estão quatro pessoas de uma mesma família, de Niterói, na Região Metropolitana do Rio. A psicóloga Luciana Seba viajava acompanhada do marido, o empresário Paulo Valle Brito e dos sogros Maria de Fátima e Francisco Eudes Mesquita Valle, diretor da TWL Combustível.
Em 25 de junho de 2009, foi noticiado que Michael Jackson sofreu uma parada cardíaca em sua casa, na vizinhança de Holmby Hills, Los Angeles, CA, Estados Unidos. Os serviços de emergência médica socorreram o cantor em sua casa, na tentativa de reanimá-lo. Porém, como Jackson se encontrava em estado de coma profundo, ele foi levado às pressas para o hospital universitário da Universidade da Califórnia em Los Angeles(UCLA). Desde sua internação, rumores haviam se espalhado pela imprensa confirmando seu falecimento. Às 14h06min (horário local) de 25 de junho de 2009, o site Los Angeles Times tornou-se um dos primeiros a divulgar a morte do astro. Seu falecimento teve uma repercussão internacional instantânea, sendo motivo de preocupação por parte dos fãs em muitas partes do mundo. Defronte ao hospital da UCLA, muitos fãs do cantor cercaram o prédio à procura de informações sobre a suposta 'morte' de Jackson. Porém, pouco tempo depois da internação de Jackson, sua morte foi confirmada às 14h26min (horário local) do mesmo dia. A morte de Jackson foi confirmada pelo porta-voz do Instituto Médico Legal de Los Angeles, Fred Corral. Contudo a parada cardíaca noticiada não foi confirmada pelo porta-voz do hospital. Uma posterior análise por peritos e um exame toxicológico serão feitos no corpo do cantor para saber o horário e a razão de sua morte.

Um comentário:

  1. - Amo Você MIKE pra SEMPREEEEEEEEE ... ! ♥

    Bjoos I LOVE YOU FOREVER MIKE ... ♥

    ResponderExcluir