segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Campus Party começa hoje em Sampa e tem estrutura igual a anterior

Por R7
A terceira edição da Campus Party evento de tecnologia que começa nesta segunda-feira (25) e vai até o próximo domingo (31) em São Paulo tem investimento e estrutura praticamente idênticos ao ano passado. Mais de 50 empresas, além dos governos municipal, estadual e federal, bancaram os R$ 7,5 milhões gastos com a Campus Party, R$ 100 mil a menos que em 2009. A organização decidiu reservar a mesma quantidade de vagas (6.000) para os participantes, que podem aproveitar todas as atividades apenas como visitante ou acampando no Centro de Exposições Imigrantes, onde acontece o evento.A Telefônica permanece como principal patrocinador e vai oferecer a mesma infraestrutura para acesso à internet. Os campuseiros terão direito a levar o seu computador (de mesa ou móvel) e usar a rede em banda larga com a velocidade máxima de 10 gigabits por segundo (10GB). Os diretores da feira dizem que os casos de furto a equipamentos levados pelos visitantes ocorridos na edição anterior foram isolados, mas a empresa que fazia a segurança da feira foi substituída. Um dos palestrantes é o americano Kevin Mitnick, que foi preso na década de 90 por invadir o sistema de várias empresas de tecnologia. Hoje, ele é executivo em uma companhia de segurança.A lista de convidados conta ainda com Larry Lessig, um dos fundadores do sistema Creative Commons, que defende a cópia e compartilhamento na rede das produções autorais como textos, fotos, desenhos, áudio e vídeo. O brasileiro Marco Figueiredo, pesquisador da Nasa (agência espacial americana), falará com o público sobre exploração espacial e luta pelo conhecimento em rede. Os inscritos pagaram R$ 140 para ter acesso a todas as atividades. Quem optou acampar no evento pagou uma taxa adicional de R$ 15. O pacote que inclui refeições diárias saiu por R$ 165. Há ainda espaço para higiene pessoal e chuveiros em maior quantidade que em 2009, segundo a empresa que organizadora. Nesta terça-feira (26) será aberta ao público a área grátis da Campus Party, em que é possível usar "brinquedos tecnológicos" como o Robot Probo, uma bichinho imaginário capaz de entender gestos e expressões faciais, ou o HeadBang Hero, game que premia quem "chacoalha melhor a cabeça". Essa área grátis funciona das 10h às 21h entre os dias 26 e 30 de janeiro e das 10h às 17h no dia 31.

Nenhum comentário:

Postar um comentário