quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Cirurgia feita em Faustão é proibida pela Justiça Federal

Por Fernanda Bassette
A Justiça Federal de Goiás proibiu ontem (27), em caráter liminar, a realização da cirurgia de redução de estômago que promete curar o diabetes até que o médico Áureo Ludovico de Paula submeta o procedimento considerado experimental ao Conselho Federal de Medicina e ao Conep (Comitê Nacional de Ética em Pesquisa). Em caso de descumprimento, Ludovico será multado em R$ 100 mil por cirurgia realizada em desacordo com a decisão. A técnica, conhecida como interposição de íleo, foi desenvolvida pelo cirurgião goiano e realizada no apresentador Fausto Silva (que perdeu mais de 3o kg). Mais de 450 pacientes já se submeteram ao procedimento. Cabe recurso. Enquanto aguarda a aprovação do Conep e do CFM, Ludovico só poderá realizar o procedimento em casos comprovados de urgência (como risco de morte). Essa decisão caberá a uma câmara formada por três médicos no Conselho Regional de Medicina de Goiás por determinação do juiz Urbano Leal Berquó Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário