sábado, 16 de janeiro de 2010

Haiti: Terremoto deixa 200 mil mortos e mais de 250 mil feridos

Por Gustavo Chacra e Lourival Sant'Anna
Autoridades haitianas disseram ontem que mais de 140 mil pessoas podem ter morrido após o terremoto de 7 graus na escala Richter que devastou o Haiti na terça-feira e advertiram que gangues estão atacando os sobreviventes, que aguardam cada vez mais desesperados a lenta distribuição da ajuda internacional. "Estamos retirando os cadáveres das ruas e enterrando-os em valas comuns. Já enterramos 40 mil pessoas. Creio que há outros 100 mil mortos", disse o secretário haitiano de Estado para Segurança Pública, Aramick Louis. "Há muitas pessoas sob os escombros."O ministro haitiano de Saúde Pública, Alex Larsen, afirmou que mais de 50 mil pessoas morreram e mais de 250 mil ficaram feridas. O ministro do Interior, Paul Antoine Bien-Aime, foi mais longe e disse acreditar que - por causa da magnitude da destruição mais de 200 mil pessoas podem ter morrido. Segundo o secretário de Segurança Pública, o maior temor do presidente e do primeiro-ministro, que coordenam os esforços para conter a crise, é que o desespero comece a se transformar em violência. "Estamos enviando a polícia para as áreas onde os bandidos estão agindo. Algumas pessoas estão roubando", disse o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário