terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Hoje completa 28 anos da morte de Elis Regina

Elis Regina Carvalho Costa foi uma cantora brasileira. De morte trágica e prematura, deixou vasta e brilhante obra na música popular brasileira. Foi apelidada por Vinicíus de Moraes de Pimentinha. É considerada por boa parcela de músicos e público como uma das maiores cantoras de todos os tempos da MPB. Elis Regina nasceu na capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, onde começou a carreira como cantora aos onze anos de idade em um programa de rádio para crianças chamado O Clube do Guri, na Rádio Farroupilha, apresentado por Ari Rego. Revelando enorme precocidade, aos 16 anos lançou o primeiro LP da carreira. Em 1968, uma viagem à Europa a lança no eixo musical internacional, conquistando grande sucesso, principalmente no Olympia de Paris, onde se tornou a primeira artista a se apresentar duas vezes num mesmo ano, naquela que é a mais antiga sala de espetáculos musicais de Paris.Foi Elis quem também lançou boa parte dos compositores até então desconhecidos, como Milton Nascimento, Renato teixeira, Tim Maia, Gilberto Gil, João Bosco e Aldir Blanc, entre outros. Um dos grandes admiradores, Milton Nascimento, a elegeu musa inspiradora e a ela dedicou inúmeras composições. Elis Regina criticou muitas vezes a ditadura brasileira, nos difíceis Anos de chumbo, quando muitos músicos foram perseguidos e exilados. A crítica tornava-se pública em meio às declarações ou nas canções que interpretava. Em entrevista, no ano de 1969, teria afirmado que o Brasil era governado por gorilas.Causando grande comoção nacional, faleceu aos 36 anos de idade em 19 de janeiro de 1982, devido a complicações decorrentes de uma overdose de cocaína, tranquilizantes e bebida alcoólica. Foi sepultada no Cemitério do Morumbi.

3 comentários:

  1. depois de Maísa e Dalva, podiam fazer uma minisséria sobre a Elis Regina, né?

    ResponderExcluir
  2. Acho que Elis merecia um longa metragem. Até hoje, depois de 28 anos sem ela, não existe cantora que a superasse.

    ResponderExcluir
  3. Com certeza iria dar uma excelente minissérie sobre a Elis Regina e a Globo iria ganhar muitos pontos na audiência.

    ResponderExcluir