terça-feira, 19 de janeiro de 2010

São Paulo recebe nota 4,8 dos paulistanos que se dizem insatisfeitos com a cidade

Por Bruno Azevedo
O índice de paulistanos que mudariam da cidade se tivessem oportunidade subiu de 46%, em 2008, para 57%, em 2009. Já a percentagem de entrevistados que disseram que não gostariam de sair de São Paulo caiu de 53% para 41% no mesmo período. Os dados fazem parte da pesquisa Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município (Irbem), feita pelo Ibope Inteligência e encomendada pela ONG Movimento Nossa São Paulo. Os números foram divulgados nesta terça-feira (19).Levando em conta a pesquisa, a organização não governamental considera que a população da maior cidade do país está insatisfeita com o bem-estar proporcionado pela metrópole. Numa escala de 1 a 10, a nota média para a qualidade de vida em São Paulo é de 4,8, abaixo da média de satisfação de 5,5. A pesquisa mostrou também uma queda na avaliação da administração municipal. Na comparação com 2008, o número de pessoas que avaliavam o governo do prefeito Gilberto Kassab (DEM) como ótimo/bom despencou de 46% para 28%. Já os que avaliam como ruim ou péssimo mais que dobrou, passando de 12% para 26%. O G1 procurou a assessoria do prefeito Gilberto Kassab, que não tinha se pronunciado sobre o assunto até o começo desta tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário