quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Sobreviventes lembram 65º aniversário da liberação de Auschwitz

Por Redação Terra
Foto: AP
Sobreviventes do Holocausto lutaram contra o frio e contra a neve e se reuniram nesta quarta-feira em Auschwitz, na Polônia, para celebrar o 65º aniversário da liberação do campo de concentração onde milhões de pessoas foram mortas durante a ocupação nazista, na Segunda Guerra. Autoridades mundiais aproveitaram a data para lembrar o sofrimento vivido pelas vítimas do Holocausto e pedir punição aos nazistas ainda vivos. O presidente americano, Barack Obama, falou sobre a importância de "não se esquecer jamais" da tragédia vivida entre os muros do campo de concentração nazista de Auschwitz. Já o líder israelense, Shimon Peres, pediu no Bundestag (Câmara Baixa do Parlamento alemão) que os criminosos nazistas que continuam vivos sejam perseguidos e levados à Justiça. O papa Bento XVI também tocou no assunto, na audiência pública das quartas-feiras, no Vaticano. Ele condenou o "cego ódio racial e religioso" que levou os nazistas a matar milhões de pessoas nos campos de extermínio, na maioria judeus, e fez votos para que "nunca se repitam crimes de tão inaudita ferocidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário