terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

90% das jovens sentem pressão da "ditadura da magreza"

Por Reuters, NY
Quase 90% das adolescentes norte-americanas se sentem pressionadas pela moda e pela mídia a serem muito magras, e um padrão de beleza irreal e inatingível foi criado, segundo uma pesquisa divulgada na segunda-feira (1º). Mil meninas de 13 a 17 anos foram entrevistadas via internet pelo instituto Tru, especializado em pesquisas sobre jovens, para a associação das bandeirantes dos EUA. Três quartos delas disseram considerar a moda "realmente importante"."A indústria da moda continua sendo uma influência realmente poderosa sobre as meninas e a forma como elas veem a si próprias e ao seus corpos", disse Kimberlee Salmond, pesquisadora sênior do Instituto de Pesquisas da Escoteira. "As adolescentes pegam dicas de como deveriam parecer de modelos que veem nas revistas de moda e na TV, e é algo que elas lutam para se reconciliar quando se olham no espelho", afirmou. Mais de 80% das meninas disseram que preferem ver fotos naturais das modelos, em vez de imagens digitalmente alteradas ou melhoradas. Três quartos dela se dizem mais propensas a comprarem roupas que veem em modelos "reais" do que em mulheres magérrimas. Além das modelos e celebridades, outras fontes de inspiração para as meninas são colegas, parentes e amigos, segundo a pesquisa.
Uma em cada três meninas disse que já passou fome ou "trancou" a boca para perder peso, e quase metade conhece alguém da sua idade que já se forçou a vomitar depois de comer. Mais de um terço disse conhecer alguma menina diagnosticada com um distúrbio alimentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário