domingo, 28 de fevereiro de 2010

Cerveja: Briga de Cachorro Grande

Por Ricardo Amorim
Na última terça-feira, dia 23, a Femsa anunciou que começará a trazer ao Brasil cinco novas marcas importadas, além da mexicana Dos Equis, já encontrada por aqui. Em excelente evento no Melograno, com harmonizações do Edu Passarelli, a empresa apresentou a Amstel Pulse (light lager), a Birra Moretti (lager), a Edelweiss Weisbier (trigo), a Murphy´s Irish Red (Irish red ale, mas o BJCP diz que é lager) e a Murphy´s Irish Stout. Os preços sugeridos para venda em supermercados são muito convidativos: R$ 3,99 para a Pulse e para a Birra Moretti (ambas em long necks de 330ml); R$ 5,99 para a Irish Red (long neck de 330ml); R$ 9,80 para a Edelweiss (garrafa de 500ml) e R$ 10,70 para a Stout (lata de 500ml).Cervejisticamente falando, o lançamento não traz assim tanta qualidade como se poderia esperar. As melhores da leva são, sem dúvida, as Murphy´s, mas nada tão espetacular. Os preços, sim, se forem realmente praticados, convidarão ao consumo, não tenha dúvida. O fato a se observar aqui é o movimento do mercado, protagonizado por uma gigante do ramo que não parece estar pra brincadeira. E a notícia é ótima, pois vai obrigar a concorrência a se mexer, principalmente a Ambev, que já em 2007 começou a trazer algumas de suas marcas estrangeiras. Agora, com a chegada das importadas da Heineken (que comprou a operação cervejeira da Femsa), e com o poder de penetração de ninguém menos que os distribuidores da Coca-Cola, a briga promete ficar boa. Melhor pra nós, que gostamos de um espetáculo cervejeiro de qualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário