sábado, 13 de fevereiro de 2010

Cinemas britânicos ameaçam boicotar "Alice" de Tim Burton

Por Efe
Diversas cadeias de cinemas britânicas ameaçam boicotar a versão de Tim Burton para o filme "Alice no País das Maravilhas" devido a uma disputa pela data de lançamento da produção em DVD. As cadeias Odeon, Vue e Cineworld se recusarão a exibir o filme se a Disney insistir em reduzir o intervalo entre a estreia nos cinemas e o lançamento em DVD das tradicionais 17 semanas para apenas 12, informa hoje o jornal "The Times". O resultado da resistência entre as salas e a produtora terá grandes repercussões para a indústria. Se a Disney ganhar a queda-de-braço, outros distribuidores também tentarão encurtar esse intervalo de tempo; se perder, terão que pensar em outras estratégias. Os distribuidores querem lançar seus títulos em DVD o mais rapidamente possível porque esse mercado, que era a maior fonte de receitas da indústria do cinema, encolheu 20% no ano passado, e creem que um intervalo menor entre a estreia nos cinemas e o lançamento do DVD alavancará as vendas. Aparentemente, a polêmica em torno do lançamento de "Alice" mostra que ambas as partes têm muito a perder no caso do ameaçado boicote. Se "Alice" seguir o exemplo de "Avatar", sua versão em três dimensões vai faturar dez vezes mais do que a tradicional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário