quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Helicóptero da TV Record cai em São Paulo e mata piloto

Por G1
Foto: Juliana Cardilli
Um helicóptero da TV Record caiu, por volta das 7h20 desta quarta-feira (10), no Jockey Club, na Zona Oeste de São Paulo. Quando sobrevoava o local, a aeronave começou a rodopiar, perdeu altitude e caiu sobre o gramado. O piloto Rafael Delgado Sobrinho, de 45 anos, morreu na queda. O cinegrafista Alexandre Silva de Moura, de 36 anos, conhecido como Borracha, foi retirado com vida da aeronave e levado para o Hospital Itacolomy, no Butantã. Até as 9h45, ele passava por exames na UTI. Uma nota com o estado de saúde dele deve ser divulgada nesta manhã. Comandante do helicóptero da TV Globo, Dato de Oliveira, que viu a queda da aeronave, conversou pelo rádio, minutos antes, com o comandante do helicóptero da TV Record. Oliveira e Sobrinho sobrevoavam a mesma região, na Avenida Morumbi, captando imagens de um assalto a banco. Segundo Oliveira, o colega reclamou de uma pane no rotor de cauda e falou que tentaria pousar no Jockey. “Quando ele relatou o problema, decidi acompanhá-lo para ver o que estava acontecendo. Esse é um problema difícil de acontecer, porque o rotor de cauda é vital para o helicóptero. Se você o perde, entra em giro”, explica Oliveira. Segundo o comandante da TV Globo, o piloto Rafael Delgado Sobrinho era um profissional experiente. “Era um amigo de muito tempo, uma pessoa muito tranquila. Foi uma fatalidade mesmo”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário