terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Polícia confirma morte de suspeito de matar músico do Detonautas

Por Aluízio Freire
A polícia identificou um homem morto durante uma troca de tiros com policiais do 22º BPM (Maré), como Rogério Allan Aguiar Gomes, apontado como um dos envolvidos na morte do guitarrista da banda Detonautas, Rodrigo Neto, em junho de 2006. Segundo policiais do 17º DP (São Cristóvão), Allan, que era menor de idade quando o músico foi assassinado, foi morto em confronto com a PM depois de roubar um carro na Rua São Francisco Xavier, na Tijuca, Zona Norte do Rio.Detido em 2006, Allan chegou a cumprir três anos de medida socioeducativa, mas foi colocado em liberdade no início deste ano.Allan estava entre os três baleados na troca de tiros com os policiais na noite de segunda-feira. Eles teriam sido socorridos e levados para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, mas não resistiram aos ferimentos.Com Allan estavam William dos Santos da Hora, de 20 anos, e Demétrio Moreira Maria, de 21, que também morreram. Um quarto assaltante, menor de idade, foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário