terça-feira, 20 de abril de 2010

Escritores misturam seres sobrenaturais com grandes obras da língua portuguesa

Por Bruno Porto
Os zumbis costumam habitar grandes centros urbanos de um futuro próximo, mas, no ano passado, eles invadiram uma vila inglesa do século XIX. O lugar é o cenário de "Orgulho e preconceito e zumbis", que foi lançado nos Estados Unidos em 2009 e chega agora às livrarias brasileiras via Intrínseca. Inspirado no fenômeno musical dos mash-ups - quando duas músicas diferentes são fundidas - o livro injeta mortos-vivos no clássico "Orgulho e preconceito", da escritora britânica Jane Austen (1775-1817). Previsivelmente, a obra tirou do sério muitos fãs de Austen, assim como professores de literatura e outros estudiosos. O que não o impediu de ocupar a prestigiosa lista de mais vendidos do "The New York Times" por 38 semanas. Tentando aplacar a fúria dos críticos, o editor do livro explicou que sua intenção nunca foi caçoar da autora inglesa, e sim "amplificar os temas que ela discute".

Nenhum comentário:

Postar um comentário