domingo, 25 de abril de 2010

Jornal da USP incita homofobia

Por O Globo
Os editores do jornal 'O Parasita', da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP, que incitou violência a homossexuais, enviaram uma nota pedindo desculpas pelo "exagero cometido", mas permanecem anônimos. O periódico publicou um texto em que incita estudantes a jogarem "fezes" em gays em troca de convites para uma 'festa brega'. A Policia Civil de São Paulo vai abrir inquérito para investigar a divulgação do texto que evidencia homofobia. A Defensoria Pública quer que seja identificado o autor do texto, assinado com pseudônimo, para que ele seja punido. Uma cópia do jornal já está com o Núcleo de Combate à Discriminação, da Secretaria da Justiça.
A faculdade de Farmácia da USP informou em nota oficial divulgada em sua página na internet que: "A Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (FCF-USP) não tem conhecimento nem apóia essa publicação, inclusive desconhece os seus autores. A Faculdade tomará as medidas jurídicas cabíveis para reprimir este tipo de publicação".

Nenhum comentário:

Postar um comentário