quarta-feira, 28 de abril de 2010

Universal enviou R$ 400 milhões ao exterior

Por G1
Reportagem publicada nesta quarta-feira (28) pelo jornal "O Estado de São Paulo" diz que a Igreja Universal do Reino de Deus remeteu ao exterior, de forma supostamente ilegal por meio de doleiros, cerca de R$ 5 milhões por mês entre os anos de 1995 e 2001. Com isso, o valor enviado seria próximo de R$ 400 milhões. O jornal diz que a informação foi dada por Cristina Marini, sócia da casa de câmbio Diskline, empresa por meio da qual o dinheiro teria sido remetido. Ela prestou depoimento na terça-feira (27) a promotores do Ministério Público Estadual de São Paulo e, conforme o "Estado", repetiu o depoimento já havia sido dado à Promotoria da cidade de Nova York. A defesa da Universal negou as acusações, segundo a reportagem. O depoimento da empresária faz parte do processo que tramita desde agosto do ano passado na Justiça de São Paulo contra dez líderes da igreja, acusados pelo Ministério Público de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário