sábado, 1 de maio de 2010

Sertanejo invade espaços da 'playboyzada'

Por Amauri Stamboroski Jr.
Cabelo arrumado com gel, roupas e tênis de grife, o cantor sobe no palco do Clube A, casa noturna de elite paulistana, para se apresentar a uma plateia que pagou em torno de R$ 150 pelo ingresso. Durante o show, as fãs gritam como se estivessem diante de um astro teen como Justin Bieber ou os Backstreet Boys. A diferença é que Luan Santana não canta pop com influências de r'n'b mas música sertaneja. Luan, aos 19 anos, é o novo fenômeno sertanejo. Com duas faixas (“Você não sabe o que é amor” e “Sinais”) entre as 100 mais tocadas nas rádios brasileiras e um fã-clube que inclui 200 mil seguidores no Twitter e mais de 500 mil membros no Orkut, seu sucesso é reflexo das mudanças pelas quais a música sertaneja passa nos últimos anos, se atualizando e “urbanizando os papos” como explica o cantor Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário