sábado, 19 de junho de 2010

Brasil vai à Fifa para impedir escalação de Drogba

Por Folha.com
A seleção brasileira vai até a Fifa para dificultar ao máximo a escalação de Drogba, da Costa do Marfim, no jogo deste domingo entre as duas seleções, se o atacante utilizar uma proteção metálica. O técnico de Portugal, Carlos Queiroz, criticou a Fifa por liberar a presença em campo de Drogba com uma proteção no braço no jogo entre os dois times. O médico da equipe portuguesa, Henrique Jones, disse que aquele tipo de proteção poderia apresentar "perigo para a integridade física dos jogadores portugueses". No entanto, a Fifa, por meio do assessor Nicolas Maingot, já tinha dito antes que a delegação de Portugal examinou a proteção usada por Drogba e não expôs objeções. "Nós vamos ter uma reunião técnica e tenho certeza que esse assunto vai ser falado. Ele [Drogba] deve ter usado algum 'brace' pelo tipo de patologia que ele teve. Vamos entrar em contato. Se tiver alguma proteção de ordem metálica, não é permitido que ele use", falou o médico da seleção brasileira, José Luiz Runco. O congresso técnico será realizado nesta tarde (de Brasília). Após uma duro choque com o brasileiro naturalizado japonês Túlio Tanaka, em amistoso no último dia 4, o atacante da Costa do Marfim precisou passar por uma cirurgia para corrigir a fratura no antebraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário