sábado, 24 de julho de 2010

5x Favela vence sete no Festival de Paulínia

Por Dolores Orosco
Foto: Leandro Moraes
A produtora Renata de Almeida Magalhães usa palavras como "alegre", "feliz" e "alto astral" ao explicar o êxito de "5 x favela, agora por nós mesmos" no Festival de Paulínia o longa foi premiado em sete categorias, incluindo melhor filme, na noite desta quinta-feira (22). "Esse filme finalmente traz o que faltava ao cinema nacional: o olhar sobre a favela vista por quem vive nela", explica Renata que produziu o longa junto com o cineasta Cacá Diegues. "E o que eles querem mostrar da favela não é o tráfico nem a violência. Adoro uma frase do filme que diz 'aqui também tem Natal'.""5 x favela, agora por nós mesmos" é dividido em cinco episódios, dirigidos e estrelados por jovens nascidos nas comunidades do Vidigal, Maré, Cidade de Deus e Vigário Geral. O grupo passou por oficinas de roteiro e direção e também elaborou o argumento do longa. "Eles nos traziam as ideias, que eram votadas e desenvolvidas por todos os alunos. O filme andou sozinho, eles fizeram praticamente tudo", diz Renata. Além de melhor filme e dos prêmios técnicos, o longa também levou os troféus Menina de Ouro - nome da estatueta concedida pela mostra de Paulínia - nas categorias atores coadjuvantes. Dila Guerra recebeu sua estaueta e a do colega, o ator Marcio Vitor. "Agora é a gente mesmo! Não quero parar de fazer cinema nunca mais", comemorou a atriz. "5 x favela, agora por nós mesmos" deve chegar aos cinemas no dia 25 de agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário