sexta-feira, 2 de julho de 2010

Dunga confirma saída da seleção após derrota

Por Folha.com
O técnico Dunga confirmou que não dirige mais a seleção brasileira após a eliminação na Copa do Mundo de 2010, depois da derrota por 2 a 1 para a Holanda, nesta sexta-feira, em Port Elizabeth, na África do Sul. Dunga já havia indicado anteriormente que sairia ao dizer que o tempo correto para um técnico ficar no comando da seleção é quatro anos assumiu o cargo após o Mundial da Alemanha, em 2006. "Quanto ao meu futuro, todos sabem que quando cheguei à seleção brasileira era quatro anos que eu ia ficar", falou o treinador após o jogo de hoje. Dunga admitiu que ter jogado com um homem a menos em campo atrapalhou o time, mas evitou culpar o volante Felipe Melo pela eliminação do time. O jogador da Juventus recebeu cartão vermelho após fazer a falta em Robben e depois pisar no holandês quando este estava caído o time perdia por 2 a 1. "Jogar com um jogador a menos em uma Copa do Mundo e com jogadores de qualidade do outro lado dificulta mais. Mas a responsabilidade é de todos. Não é justo falar apenas de um jogador. Quando o Brasil vence, todos vencem. Não é justo jogar a responsabilidade em apenas um jogador", disse o treinador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário