domingo, 29 de agosto de 2010

Moda: Discípulas da Betty Boop

Por Ciça Vallerio
No vaivém da moda, a cultura pin-up nunca sumiu. Apesar de ter alcançado seu ápice nos anos 40 e 50, a estética sensual moldada pelas curvas femininas generosas e modelitos vintage sobreviveu por décadas, entre altos e baixos. Agora, a retomada desse estilo veio com tudo.Prova disso é o surgimento de marcas de roupas e acessórios exclusivas para o público que cultua essa estética. Grandes empresas também lançam produtos com essa pegada. O Boticário acaba de colocar no mercado a linha de cosméticos Fun Tropical, cujos aromas adocicados e embalagens remetem ao universo das pin-ups. A marca de lingeries Fruit De La Passion criou a coleção Guns and Roses, com impecável ensaio fotográfico nos moldes dessas modelos vintage.Até a loja de departamentos Renner acrescentou peças de verão navy - moda marcada pelo estilo marinheiro, como saias rodadas e cinturas altas, além de blusas listadas. "Tempos atrás, tínhamos de improvisar para nos vestir assim", diz a contadora paulistana Patrícia Homem de Mello, que introduziu a cultura pin-up e rockabilly no seu dia a dia desde metade dos seus atuais 35 anos. Seu apartamento é todo decorado com peças que remetem à época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário