sábado, 28 de agosto de 2010

'Passione' tira novela brasileira do nível básico no cursinho de italiano

Por Dolores Orosco
“Passione” está fazendo a teledramaturgia brasileira avançar do nível básico para o intermediário no cursinho de italiano para iniciantes. Se antes as novelas ambientadas na Itália se limitavam a pitadas de “va bene”, “capisci” e “ecco” perdidos em meio a diálogos em português, agora os personagens da trama de Silvio de Abreu estão apresentando todo um vocabulário para o público. Uma diversidade de expressões como “figurati”, “punto e basta” e até o ofensivo “schifosa” foram inseridos nas falas dos personagens – em especial, na família Mattoli do protagonista Totó, vivido por Tony Ramos. Segundo o autor de “Passione”, a decisão de ir além no tempero italiano se deve ao fato de grande parte da novela ser passada na Toscana. Quase 100 capítulos tiveram a região como lar de Totó, Gemma (Aracy Balabanian), Agnello (Daniel Oliveira) e Agostina (Leandra Leal) figuras centrais do folhetim."Não é uma língua tão desconhecida, não podemos esquecer que o Brasil abriga uma grande comunidade italiana. E sempre que possível tento acrescentar palavras que sejam parecidas com o português. É um trabalho árduo, mas prazeroso”, explica Abreu, que acredita que o espectador não está se perdendo na tradução. “O brasileiro é extremamente inteligente e atento. Claro que tudo que é novo exige um tempo de assimilação. Mas isso não significa que nunca será compreendido”, completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário