sábado, 18 de setembro de 2010

Fiuk lança a moda dos homens decotados

Por Fernanda Colavitti
Os mais conservadores podem torcer o nariz, mas as camisetas masculinas com gola V, que até recentemente costumavam ser roupa de baixo, saíram de vez da gaveta, com uma grande novidade: estão muito mais cavadas. Sim, usar decotão agora é coisa de macho. Os consultores de moda são unânimes em afirmar que o responsável pela perda coletiva de pudor foi Fiuk.Bastou o cantor e ator aparecer com suas camisetas de gola profunda (bem mais decotadas que os modelos anteriores) para que adolescentes e adultos atrevidos aderissem ao estilo. “As pessoas me perguntam onde podem achar camisetas iguais às minhas, e muitos amigos que me zoavam agora usam também”, diz o filho do cantor Fábio Jr., de 19 anos. No começo do ano, o ídolo teen lançou, em parceria com a grife N.G.C.H, sua própria coleção de roupas. Claro, ela inclui várias camisetas decotadas. Já foram vendidas mais de 10 mil peças, segundo a empresa.
O vocalista da banda Hori popularizou no Brasil o que os descolados dos Estados Unidos e da Europa já usam desde o ano passado. Entre os adeptos do peitoral à mostra estão os atores Jude Law, Robert Pattinson, Ashton Kutcher e os cantores Joe e Nick Jonas, da banda Jonas Brothers.Essa não é a primeira vez que o decote masculino fica em evidência nos Estados Unidos. Nos anos 70, o personagem de John Travolta no filme Os embalos de sábado à noite se aproximou desse estilo usando a camisa aberta. Foi o período que o historiador de moda masculina Robert Bryan chamou de “os anos dourados dos pelos no peito masculino”. O consultor de moda Ricardo Oliveros diz que no fim da década de 80 houve uma nova tentativa de introduzir os decotes no guarda-roupa masculino. Mas só agora a tendência ganhou força devido à valorização do corpo masculino. “O corpo do homem passou a ser visto como objeto do desejo, possível de ser mostrado e admirado”, diz Oliveros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário