sábado, 11 de setembro de 2010

Pinacoteca abre grande mostra de Antonio Dias

Por Estado de S.Paulo
Em 1968, Antonio Dias pintou um céu estrelado, repartido em quadrados por finas linhas brancas. No canto esquerdo da obra, o título: Anywhere is My Land (algo como ‘qualquer lugar é minha terra’). A tela integra a mostra homônima, que reúne cerca de 50 trabalhos do artista nascido em Campina Grande (PB), produzidos entre os anos 60 e 70. A exposição abre no sábado, 11. São pinturas, desenhos, instalações e filmes que revelam o engajamento social e político, a sensualidade e a ironia presentes em sua obra. Entre elas, há uma série de xilogravuras feitas com papel artesanal e corantes naturais - resultado de uma técnica que o artista aprendeu durante os cinco meses que viveu no Nepal. Sim, aquela também foi ‘sua terra’ durante um tempo.
ONDE: Pinacoteca do Estado. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000.
QUANDO: 10h/17h30 (fecha 2ª). Abre sáb. (11), 11h. Até 7/11.
QUANTO: R$ 6 (sáb., grátis).

Nenhum comentário:

Postar um comentário