segunda-feira, 6 de setembro de 2010

PMDB confirma que Quércia desistiu da candidatura ao Senado

Por G1
O PMDB confirmou, durante entrevista coletiva no início da tarde desta segunda-feira (6), que o ex-governador de São Paulo Orestes Quércia (PMDB) desistiu da candidatura ao Senado pelo estado. O motivo da desistência é o diagnóstico do retorno de um tumor de próstata que havia sido tratado há mais de 10 anos. Quércia está internado desde a última terça-feira(31) no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista. A filha de Quércia, Andreia Quércia, afirmou que não houve recomendação médica para que o pai abandonasse a campanha. Segundo ela, foi uma "decisão de bom senso" da família. O ex-governador já fez uma das cinco sessões previstas de quimioterapia no hospital Sírio Libanês. Com a desistência, Quércia apoiará o outro candidato a senador da chapa “Unidos por São Paulo”, Aloysio Nunes (PSDB). Com isso, o candidato tucano passará a ter mais tempo de televisão. O peemedebista pretende gravar mensagens de apoio ao tucano para exibição no horário eleitoral da TV. O advogado Ricardo Porto, do PMDB, informou que, mesmo com a renúncia à candidatura, o nome e a foto de Quércia deverão aparecer na urna eletrônica porque, segundo afirmou, "quase com certeza" não haverá tempo hábil para a retirada. O eventual voto em Quércia será considerado nulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário