sábado, 18 de setembro de 2010

Puro Esporte: A rodada da loucura

Por Marcelo Adnet
Cada rodada do Campeonato Brasileiro tem uma cara diferente ou, pelo menos, se encaixa num estereótipo. Vejamos: há rodadas de poucos gols, como a décima sexta, que teve média de 1,5 gol por partida. Há outras rodadas, como a décima, cheia de empates - foram seis, mais da metade dos jogos. Mas, nesta vigésima segunda rodada - 22 - número associado à loucura - a zebra desfilou imponente. Tirando a vitória do Cruzeiro sobre o Guarani e o empate entre Vitória e Ceará, os outros oito jogos foram daqueles que contrariaram a lógica, entortam a mente e quebram a caixa das bancas de aposta. O ascendente Botafogo tomou de quatro do ex-lanterna Goiás, enquanto o Corinthians venceu com relativa facilidade o ainda líder Fluminense, mesmo jogando "a grande batalha" fora de casa. O Internacional foi até o Morumbi e fez três gols no São Paulo, e o questionado Palmeiras venceu o emergente Grêmio, em Porto Alegre, depois de quatro rodadas sem ganhar. Já o Atlético-PR seguiu sua improvável sina de decidir os jogos no finalzinho - aos 43 do segundo tempo saiu o gol da vitória sobre o Galo. Mas nenhuma virada foi tão improvável ou sensacional quanto a do Flamengo sobre o Prudente. Um a zero para os paulistas até os 40 minutos do segundo tempo. O jogo parecia decidido, o Flamengo se afundava na tabela, beirando a zona sinistra do rebaixamento. Diego Maurício e Toró fizeram, aos 40 e 49 minutos, os gols da louca virada, acabando com a sequela do ataque D2*. Agora, Silas já prometeu o ataque 3D, com Diego Maurício, Deivid e Diogo. Agora a diretoria tem que providenciar milhares de óculos para os torcedores verem os efeitos. Teve ainda a sina (ou seria a "zica") vascaína em ação. Mesmo com um pênalti a favor, um jogador e um gol a mais, o Vasco perdeu mais dois pontos no fim, desta vez para o Avaí, em São Januário. Vasco e Palmeiras são os recordistas de empates - foram 11, metade dos jogos das 22 rodadas realizadas. E como o Vasco tem um jogo a menos, pode se dar ao luxo de se isolar nesta particular liderança, com 12 empates.

Nenhum comentário:

Postar um comentário