sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Vocalista do Pussycat Dolls diz que separação da banda era "inevitável"

Por Bang Music
A separação do Pussycat Dolls era "inevitável", uma vez que Nicole Scherzinger era a única integrante contratada como vocalista. O grupo de garotas viu todas as suas integrantes serem substituídas no ano passado com exceção de Nicole, mas a cantora avalia que isso estava destinado a acontecer, uma vez que as outras meninas foram contratadas apenas como dançarinas de apoio. Ela disse: "nada deu errado. Foi simplesmente inevitável. Você coloca cinco garotas juntas para formar um dos grupos mais importantes do mundo e as coisas vão dar errado. Sabíamos que ia acontecer. Sempre foi um grupo de dança, um grupo burlesco de dança. Eles me chamaram para ser a vocalista desse grupo. Algumas das garotas eram dançarinas e vocalistas ao mesmo tempo. Cada uma tinha um papel importante, mas não podíamos simplesmente trocar de lugar umas com as outras". Nicole que vai começar a trabalhar com as novas integrantes Vanessa Curry, Jamie Lee Ruiz, Rino Nakasone-Razalan e Kherington Payne-- admitiu que a formação mais famosa do grupo tinha uma agenda tão puxada que sua separação foi "natural". Ela completou ao blogueiro Perez Hilton: "tivemos cinco ótimos anos juntas, mas foi muito intenso também. As pessoas não percebiam que por anos nossa agenda era só trabalho, trabalho, trabalho e nada de dormir. Estávamos respirando o ar umas das outras durante 24 horas, foi natural o que aconteceu".

Nenhum comentário:

Postar um comentário