segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Black Eyed Peas agitou o Rio de Janeiro

Por Henrique Porto
Foto: Lucíola Villela
Uma mistura de filme de ficção científica e videogame embalada por altos decibéis. Assim poderia ser descrito o megashow apresentado pelo Black Eyed Peas na noite deste domingo (25) no Rio. Formado por Will.I.Am, Apl.de.ap, Taboo e pela cantora Fergie, o grupo incendiou o (excelente) público que compareceu à Praça da Apoteose e justificou em cerca de duas horas de música porque já vendeu mais de 27 milhões de discos em todo mundo. Atualmente presente na trilha sonora de dez entre dez festas, o quarteto transformou o lugar numa imensa pista de dança e contagiou até mesmo quem assistiu ao show das arquibancadas, setor tradicionalmente mais quieto da arena carioca. Mas é difícil não reagir ao som e aos efeitos visuais espaciais concebidos para o espetáculo. São telões de alta definição instalados por toda a extensão do palco e feixes de raios laser cruzando o cenário high-tech composto por vários níveis, escotilhas e passagens, além das luzes coloridas e potentes refletores que, apontados para a plateia, por vezes transformaram o público em protagonista. A turnê brasileira do Black Eyed Peas, que já passou por Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília e Rio, agora segue para Belo Horizonte (27), Porto Alegre (30), Florianópolis (1/11) e São Paulo (4/11).

Nenhum comentário:

Postar um comentário