domingo, 10 de outubro de 2010

"Provocações" comemora dez anos com 500 entrevistas

Por Ilustrada
"Se você não fosse cantora, o que gostaria de ter sido?", pergunta Antonio Abujamra. Elza Soares responde: "Olha, é uma resposta pesada. Eu seria uma grande prostituta". "Com consciência?" "Com consciência", diz a cantora. "Puxa vida, por que você aprendeu a cantar meu Deus do céu!", arremata o apresentador. Há quem diga e não são poucos que "Provocações" é o programa mais livre da televisão brasileira. É pena que seja visto apenas por uma audiência de um ponto no Ibope (cada ponto equivale a 60 mil domicílios ligados na Grande São Paulo).O eterno jogador Antonio Abujamra, 78, veterano ator e diretor, é quem comanda a atração que sempre recebe convidados para entrevistas nada convencionais. Chama a atenção o fato de esse ser considerado um dos programas com maior apelo entre o público jovem na TV Cultura."Provocações" agora chega aos dez anos com mais de 500 entrevistas exibidas, o que não deixa de ser um marco em se tratando da volatilidade da televisão brasileira. E, para comemorar, lança quatro DVDs trazendo alguns dos grandes momentos do programa. Os entrevistados são de toda espécie, já que a proposta de "Provocações" é a de ser "um periscópio sobre o oceano do social", como gosta de definir Abujamra. Já participaram artistas conhecidos como o escritor Mario Prata, o ator Paulo Autran e o músico Arnaldo Antunes. E personalidades que, com base na experiência vivida, compartilham seus conhecimentos. Esse é o caso do ex-presidiário Luiz Alberto Mendes, para quem, depois de matar uma vez, fica mais fácil matar numa próxima oportunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário