terça-feira, 5 de outubro de 2010

Só em SP, 170 toneladas de lixo de campanha foram recolhidas

Por Marina Pinhoni
O primeiro turno das eleições, que aconteceu domingo (3), foi marcado, mais uma vez, pela imensa quantidade de lixo produzido pela propaganda eleitoral dos candidatos. Os chamados "santinhos" cobriram as ruas dos colégios eleitorais em todo país. Segundo dados da prefeitura de São Paulo, somente na capital foram recolhidos cerca de 170 toneladas de material de campanha pelas ruas. Para realizar a limpeza, que começou às 14h do domingo (3), foram necessários 2,7 mil funcionários e 250 caminhões das 31 subprefeituras da capital. Já no Distrito Federal, a estimativa do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) é de que sejam recolhidas até a quarta-feira (6) 200 toneladas de lixo proveniente das campanhas. Somente os três primeiros colocados na disputa presidencial - Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva - declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), juntos, mais de R$ 9 milhões em gastos com "publicidade por material impresso". Os três mais votados para deputado federal - Tiririca, Anthony Garotinho e Gabriel Chalita - declararam, no total, aproximadamente R$630 mil também pra este fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário