sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Zico anuncia sua saída do Flamengo

Por LancePress
Quatro meses após aceitar o convite da presidente Patricia Amorim, Zico anunciou seu desligamento do Flamengo, no qual exercia a função de diretor executivo de futebol. A decisão foi publicada em seu site, em uma carta aberta ao clube e a seus torcedores. O próprio Zico, magoado, admitiu ao LANCENET! antes de anunciar a sua decisão que existia um desgaste na função. - Acho que o Flamengo pode acabar me perdendo para sempre. Aos poucos, o Zico e o Flamengo, o amor...está acabando - disse um contundente e sincero Zico. Horas depois, o Galinho postou em seu site a carta que revela que o principal fator para se afastar do clube foram as denúncias feitas de que seus filhos, Junior e Bruno Coimbra, teriam participado das transações de Borja, Val Baiano e Leandro Amaral e recebido comissão. "No dia em que aceitei o convite para ser diretor-executivo de futebol do Flamengo fiz questão de me manifestar através do meu site oficial, que sempre foi minha voz, meu canal de comunicação com as pessoas que me acompanham. E não poderia ser diferente agora que venho comunicar minha saída do clube.Considero nesse momento que não é possível fazer no Flamengo aquilo que eu gostaria.Percebo que a minha presença não tem sido favorável e, desde a minha chegada, vem causando o descontentamento de muitas pessoas. Não há condições para eu continuar. Estou sendo atacado injustamente, principalmente através de meus filhos, que em nenhum momento se envolveram em nada que estivesse em desacordo com os conceitos éticos e morais que aprendi com meu pai. Minha vida sempre foi calcada no trabalho, no respeito e no embate franco diante dos desafios. Não posso permitir que esse duelo covarde continue a acontecer usando a minha família, que vem se desgastando nas últimas semanas."

Nenhum comentário:

Postar um comentário