domingo, 9 de janeiro de 2011

Ridículo: Unidos da Tijuca inaugura banheiro gay

Por Paulo Sanseverino
Fotos: Alba Valéria Mendonça
A campeã do carnaval carioca, Unidos da Tijuca causou polêmica nesse sábado (8) ao inaugurar em sua nova quadra um banheiro para o público LGBT. O acontecimento gerou conflitos com muitos ativistas da causa LGBT em todo o Brasil. A festa foi tão bizarra, que até faixa de inauguração teve, em que o presidente da escola cortou para a nova sensação da Tijuca. O fato é que, essa atitude só faz crescer a desigualdade e a homofobia contra os gays de todo o país. Os gays não querem ficar separados da sociedade e sim fazer parte dela como um todo e como cidadãos normais, isso que a escola fez foi um desrespeito total a toda comunidade LGBT, pois pintar o bahneiro inteiro de rosa, puff's roxo, espelhos por todos os lados, e ainda muitas borboletas e imagens de Carmem Miranda pelo banheiro. Peraí !! É um banheiro gay, ou banheiro de drag queens, ou algum adereço de carro alegórico. E os gays que são assumidos e não gostam de todas essas "firulas", onde fica o respeito com eles, então na visão da escola os gays não passam de um bando de "bixinhas" que vivem num mundo cor de rosa. Cadê o respeito? Não é um banheiro para os gays que vão conseguir mudar o pensamento da sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário