quarta-feira, 30 de março de 2011

Após ato de racismo Bolsonaro ataca Jean Wyllys

Por Paulo Sanseverino E mais uma vez o babaca do deputado Jair Bolsonaro deu o que falar. Em entrevista nesta terça-feira (29) para a revista Veja, o deputado afirmou que não é racista. O pior de tudo nessa história que ele acha que o povo brasileiro é burro em acreditar em suas palavras. "Aceito meu filho ter relacionamento com qualquer mulher, menos com uma com o comportamento da Preta Gil. Pelo que eu já vi em jornais aí, ela já foi tudo. Quem é o pai dela? Gilberto Gil. Aquele que vive dando bitoquinha em macho por aí. Um ministro de estado dando bitoquinha em macho!", comentou mais uma vez alfinetando a cantora Preta Gil e agora seu pai. Veja perguntou se ele teme sofrer algo após as declarações polêmicas que fez no programa da Rede Bandeirantes, CQC. Desviando completamente o foco da pergunta o cretino disparou, "Vou deixar que um deputado homossexual, não sei se é ativo ou passivo, queira crescer em cima de mim?". O repórter perguntou se ele estava se referindo ao deputado Jean Wyllys, único gay assumido no Congresso. Bolsonaro respondeu com ironia e sarcasmo "Não sei. Eu falei um deputado homossexual. Não sei se é ativo, passivo ou joga nas duas". Eu questiono a saúde mental desse cidadão, será que ele é normal, até um animal tem mais caráter que ele. Quem colocou esse indivíduo no poder, infelizmente foi o povo, ai fica a questão, o brasileiro sabe votar consciente? Enfim... voltando ao texto, Jean Wyllys leu as declarações e respondeu "Não adianta ao deputado vociferar e, sem me citar, questionar meus desejos sexuais. Não adianta desviar o foco, recrudescendo a homofobia. O deputado cometeu crime de racismo, e responderá por isso, goste ou não. Apelar para a homofobia odiosa agora é desespero covarde. O deputado só apela para a homofobia porque sabe que esta não é crime (ainda!)". Vamos tornar esse caso acessível para toda a população do país, divulguem, vamos tirar esse canalha do poder.

3 comentários:

  1. Bolsonaro para presidente.

    Wyllys pra pqp

    ResponderExcluir
  2. O problema de vcs é achar que por que uma pessoa é gay ou negra, temos que automaticamente aceita-la. Foda-se!!! Não to nem ai pela opção sexual ou pela cor. Se for gente boa, isso não importa.

    ResponderExcluir